mitos-e-verdades-sobre-fertilidade-1-1
DeHumberto Mingoranze / Notícias / 0 comentários

5 dúvidas sobre infertilidade – Reprodução Humana

5 dúvidas sobre infertilidade

1- A infertilidade é uma doença?

Sim. Uma doença é determinada pelo mau funcionamento e desordem de uma parte, órgão ou estrutura corporal. Ou seja, a infertilidade, tanto masculina quanto feminina está ligada a uma falha no sistema, que pode ser causada por hormônios ou pela estrutura.

2- Apenas mulheres são inférteis?

Não.  Apesar de esse diagnóstico ser feito muitas vezes em mulheres, o mesmo pode ocorrer para o seu cônjuge. No homem, a fertilidade é medida pela concentração ou contagem do esperma, onde é verificado a motilidade (capacidade de nadar corretamente) e a morfologia (análise que mede se ele tem formas normais). A falta de libido e disfunção erétil também auxiliam nessa causa.

3- Relaxar mais ajuda a engravidar?

Não. Se a circunstância for infertilidade, provém sempre de uma causa médica. É comprovado que nessa situação, em mais de 90% dos casos de pessoas inférteis têm problemas físicos que geraram isso. No homem, as causas podem ser problemas com a morfologia e até produção negativa ou baixa de esperma. Já na mulher, a irregular ou ausente ovulação, desequilíbrio no útero e endometriose, são algumas das principais causas para a infertilidade.

4- O estilo de vida pode causar infertilidade?

Não. Porém, alguns hábitos no estilo de vida podem alterar permanentemente a fertilidade. O baixo peso ou obesidade estão ligados ao risco de infertilidade, mas perder ou recuperar esse peso pode trazer rapidamente a capacidade de ser fértil outra vez. Assim como se alimentar de forma incorreta ou pouco saudável traz danos para a saúde, entretanto mudar a dieta para alimentos como frutas, legumes, laticínios, carnes magras e cereais integrais podem regular e auxiliar na ovulação. Fumar também está dentro de um dos hábitos que podem gerar essa condição, contudo com a restrição dessa prática, é capaz de engravidar em pouco tempo.

5- A idade interfere?

Sim e não. Apesar do fato da fertilidade diminuir com o passar dos anos, a juventude não é garantia da mesma. Pessoas jovens também correm o risco de sofrerem com a infertilidade. Assim como mulheres de 40 anos tem a chance de engravidar e gerar bebês sadios. Contudo, a probabilidade de começar a tentar ter filho mais cedo aumenta as chances de obter essa realização. Porém muitos estudos indicam que a taxa de fertilidade cai com o passar dos anos para homens e mulheres.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *