criopreservação reproducao humana sao paulo
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesInfertilidadeNotícias / 0 comentários

⌛ÀS VEZES É PRECISO ESPERAR…

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O congelamento de óvulos é uma alternativa para mulheres que desejam ou precisam postergar o sonho de ser mãe.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A carreira, a falta de um parceiro ideal para formar uma família, um problema de saúde são alguns dos motivos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🤔Uma dúvida comum é por quanto tempo é possível manter os óvulos congelados?🤔
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sabemos que cerca de 90% dos óvulos sobrevivem ao descongelamento e 75% serão fertilizados com sucesso.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Com segurança os óvulos podem ficar congelados por mais de 10 anos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O ideal é que os óvulos sejam congelados até os 35 anos.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Mulheres mais velhas também podem congelar os óvulos, mas nestes casos é indicado congelar um número maior, para aumentar as chances de uma gravidez no futuro.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Dra. Amanda Volpato CRM 122.447 – Medicina Reprodutiva – IPGO
👉📲 Entre em contato pelo whats: https://goo.gl/sQHkfJ
👉📲 Agende seu horário: 3885-4333 (whatsapp)
Visite meu site: www.amandavolpato.com.br

#infertilidade #fertilidade #reproducaohumana #reproducaoassistida #infertilidadeconjugal #infertilidademasculina #fertilizacaoinvitro #tentante #tentantesunidas #tentantes2018 #tentantesdobrasil #testedegravidez #ginecologista #endometriose #fiv #tentantes #vencendoainfertilidade #realizandosonhos #maternidade #gravidez #ipgo #endometriose #reproducaohumana #reproducaoassistida #vempositivo #acreditesempre #youhopewehope #draamandavolpato

tratamento genetico contra endometriose reprodução humana sao paulo
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesInfertilidadeNotícias / 0 comentários

👩‍⚕️🔬Pesquisa publicada neste mês é a primeira a criar células uterinas saudáveis a partir de um tipo de células-tronco. A descoberta pode indicar um tratamento para a doença, que atinge entre 10% e 15% das mulheres em idade reprodutiva em todo o mundo.

A endometriose é a maior causa de infertilidade feminina 👩‍🦰, ocorre quando o tecido que reveste a parede interna do útero, passa a crescer em outras regiões fora da cavidade uterina, como ovários, trompas, bexiga, intestino etc, que resulta numa reação inflamatória crônica.

➡️ 😢Um dos principais sintomas são cólicas menstruais mais fortes do que o normal, porém, muitas mulheres convivem com o problema durante anos sem diagnóstico ou tratamento, e muitas só descobrem quando desejam engravidar.

👩‍⚕️O tratamento é clínico e as vezes cirúrgico dependendo do caso, e a infertilidade pode ou não ser solucionada.

💉O tratamento com células tronco apresentado neste mês por pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, é um avanço incrível, os cientistas conseguiram reprogramar células-tronco para tratar a endometriose, que são inseridas no local afetado e substituem o tecido danificado, promovendo a melhora da doença.

Embora os resultados sejam animadores é preciso paciência até que este tipo de tratamento esteja disponível para mais pessoas, são necessários anos de estudos para avaliar se os resultados são permanentes, se são realmente seguros, e ainda a aprovação de órgãos internacionais e nacionais para o uso de qualquer tratamento médico.

De qualquer maneira a melhor forma de tratar a endometriose atualmente é o diagnóstico precoce, nesta fase os tratamentos são mais eficientes. Por isso é fundamental a visitar sua ginecologista e conversar sobre o assunto, para mulheres que desejam engravidar mesmo que daqui a alguns anos, é possível procurar uma médica especialista em reprodução humana, para um acompanhamento mais detalhado.

Dra. Amanda Volpato CRM 122.447 – Medicina Reprodutiva – IPGO

👉📲 Entre em contato pelo whats: https://goo.gl/sQHkfJ

👉📲 Agende seu horário: (11) 9 4821-6406  (whatsapp)

Saiba mais em: https://goo.gl/g6w96D

#infertilidade #fertilidade #reproducaohumana #reproducaoassistida #infertilidadeconjugal #infertilidademasculina #fertilizacaoinvitro #tentante #tentantesunidas #tentantes2018 #tentantesdobrasil #testedegravidez #ginecologista #endometriose #fiv #tentantes #vencendoainfertilidade #realizandosonhos #maternidade #gravidez #ipgo #endometriose #reproducaohumana #reproducaoassistida #vempositivo #acreditesempre

 

gravidez suplementação tratamento reproduçao humana sao paulo
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesDúvidas FrequentesNotícias / 0 comentários

SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR ANTES DE ENGRAVIDAR

O sonho de ter um filho pode ser planejado com antecedência e a suplementação alimentar pode auxiliar positivamente este processo.
A primeira dica é que todas as mulheres que desejam engravidar devem tomar ácido fólico diariamente, pois, é comprovado cientificamente que a medicação previne lesões no sistema neural.
Substancias antioxidante como vitaminas C e E, podem melhorar a qualidade dos espermatozoides e prevenir alterações cromossômicas, além de serem antioxidantes e grandes destruidores de radicais livres, prejudiciais à saúde das pessoas em vários aspectos.
Mulheres com mais de 30 anos de idade podem se beneficiar da suplementação com DHEA e Coenzima Q10, estudos recentes demonstraram a eficácia dessas substâncias em aspectos como melhora da fertilidade, aumenta a capacidade imunológica entre outros.
Existem outras suplementações importantes que devem ser discutidas com sua médica ginecologista.
Não é recomendado tomar nenhuma medicação sem prescrição médica, portanto, se você tem o desejo de engravidar procure uma médica de confiança, para uma avaliação completa, orientação correta e acompanhamento especializado.

pratica de exercicios e epigentica reprodução humana
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesInfertilidadeNotícias / 0 comentários

PAIS QUE PRATICAM ATIVIDADE FÍSICA TEM FILHOS MAIS SAUDÁVEIS

Casais que desejam ter filhos podem considerar a importância da prática esportiva, segundo um estudo da The Ohio State University College of Medicine at the Wexner Medical Center, relacionou a saúde metabólica dos filhos a prática de esportes dos pais.

A pesquisa foi realizada com dois grupos de ratos com uma dieta normal e outra com uma dieta rica em gordura, alguns animais eram sedentários e outros se exercitavam livremente, depois os filhotes nascidos dos grupos tiveram uma dieta balanceada.

Os filhos dos pais que praticavam exercícios tiveram melhor saúde metabólica até na vida adulta, mesmo daqueles pais que tinham uma dieta mais rica em gorduras.

A equipe concluiu que a prática de exercícios causou mudanças na expressão genética, que beneficiou os filhos. Outros estudos similares vêm sendo realizados com seres humanos para atestar a eficácia da pesquisa.

Foto de pai na barriga da mãe pensando se é menina ou menino que vai nascer
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesDúvidas FrequentesNotícias / 0 comentários

COMO É DEFINIDO O SEXO DO BEBÊ?
Muitas pessoas não sabem, mas é o espermatozoide que vai definir se será menina ou menino!
O sexo do bebê é decidido no momento da concepção, assim como outras características. Dos 23 pares cromossômicos um deles irá determinar se o bebê será menina ou menino.
No caso das meninas são necessários dois pares cromossômicos X e X, já os meninos carregam os pares X e Y.
Os óvulos possuem somente um cromossomo X devido às características de sua constituição biológica, já os espermatozoides podem carregar o cromossomo X ou Y, existem essas duas possibilidades no momento da fertilização.
No momento da fertilização quando o espermatozoide e o óvulo juntam seus cromossomos será definido entre outras coisas o sexo do bebê, se o espermatozoide tiver o cromossomo X o bebê será uma menina e se tiver o cromossomo Y será um menino.
Portanto, é o pai que irá determinar se é menina ou menino!

Dra. Amanda Volpato CRM 122.447 – Medicina Reprodutiva – IPGO

👉📲 Entre em contato pelo whats: https://goo.gl/sQHkfJ

👉📲 Agende seu horário: (11) 3885-4333

Número whats:

Saiba mais em: https://goo.gl/g6w96D

#infertilidade #fertilidade #reproducaohumana #reproducaoassistida #infertilidadeconjugal #infertilidademasculina #fertilizacaoinvitro #tentante #tentantesunidas #tentantes2018 #tentantesdobrasil #testedegravidez #ginecologista #endometriose #fiv #tentantes #vencendoainfertilidade #realizandosonhos #maternidade #gravidez #ipgo #endometriose #reproducaohumana #reproducaoassistida #vempositivo #acreditesempre

QUAL A DIFERENÇA ENTRE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL E FIV
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesDúvidas FrequentesNotícias / 0 comentários

QUAL A DIFERENÇA ENTRE INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL E FIV – Fertilização In Vitro

A primeira FIV (Fertilização In Vitro) foi realizada há 40 anos, de lá para cá a técnica se consagrou com um dos principais tratamentos para infertilidade e é a mais conhecida pelas pessoas.

Porém, existem muitas outras possibilidades de tratamento, que variam de acordo com cada casal ou pessoa, solucionando vários tipos de problemas de fertilidade.

O processo de tratamento da Fertilização In Vitro consiste no estímulo ovariano da mulher, a coleta dos gametas, (femininos e masculinos) espermatozoides e óvulos e sua fecundação em laboratório, depois da fecundação são selecionados os embriões com maiores chances e estes são transferidos para o útero, depois de alguns dias é realizado o exame de sangue para saber ser a mulher está grávida.

Na INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL os espermatozoides são coletados e selecionados, para separar os que apresentam melhores condições de fecundar o óvulo. Os espermatozoides selecionados são implantados dentro do útero para seguirem o caminho e fecundarem o óvulo, o processo de fecundação é natural neste caso.

A técnica de IA (Inseminação Artificial) é indicada para casais no qual os espermatozoides apresentam pouca motilidade ou um número de espermatozoides reduzidos, outra possibilidade é em caso de doação de esperma, escolhidos em bancos de doação devidamente regularizados.

qualidade esperma inverno
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesNotícias / 0 comentários

Pesquisadores de Israel buscaram compreender por que havia mais nascimentos em determinados meses do ano e para isso elaboraram um estudo com mais de 6 mil homens, que estavam em tratamento para melhorar a fertilidade.

Analisando esse grupo de homens os pesquisadores descobriram que durante o inverno os espermatozoides apresentavam maior contagem, maior motilidade (movimentação) e menos homens apresentando problemas morfológicos no sêmen.

Durante o acompanhamento dos meses mais quentes houve piora nos índices de fertilidade desses homens, o que sugere a influência do clima na fertilidade masculina.

Outro dado interessante é que no Brasil historicamente os meses com maior número de nascimentos são abril e novembro, sendo que os bebês que nascem em abril foram gerados em julho, ou seja, no inverno.

Dra. Amanda Volpato CRM 122.447 – Medicina Reprodutiva – IPGO

Agende seu horário: (11) 3885-4333

 

 

Foto de mulher grávida chorando: depressão durante a gestação e tratamento da fertilidade
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesNotícias / 0 comentários

PESQUISA INDICA QUE DEPRESSÃO DA MÃE NA GESTAÇÃO AFETA A SAÚDE EMOCIONAL DO BEBÊ

Recentemente publicamos um texto falando a importância da EPIGENÉTICA antes, durante e depois da gestação, resumidamente, a EPIGENÉTICA é nossa capacidade de ativar ou desativar genes, sem mudar nosso código genético podemos alterar as possibilidades pré-determinadas pela herança genética, mais do que isso, a EPIGENÉTICA promove mudança nas próximas gerações, assim doenças e condições hereditárias podem ser evitadas ou retardas.

O INSTITUTO DE PSIQUIATRIA E NEUROCIÊNCIA DO KING´S COLLEGE LONDON, publicou um estudo numa importante revista cientifica.

O estudo em questão analisou 106 mulheres grávidas durante e depois da gestação, sendo que 49 delas apresentavam quadro de depressão e ansiedade.

A Depressão, ansiedade e stress são caracterizadas por um sofrimento emocional intenso, prejudicando muito a qualidade de vida dos pacientes, muitas vezes por medo ou preconceito as pessoas não buscam tratamento adequado, para não passar uma imagem de fraqueza ou manter a expectativa que suas famílias e sociedade tem sobre elas.

As gestantes por sua vez sofrem ainda mais, pois se criou uma ideia de que a gestação é mil maravilhas, que a mulher não tem problemas, que tudo é perfeito, e nem sempre é assim, existem várias intercorrências que podem acontecer e fazem parte da vida, e não é demérito algum, faz parte da natureza humana e precisamos respeitar.

O estudo em questão coletou amostras de saliva das gestantes e mediu a presença do CORTISOL, que é o hormônio do stress, quando nossos níveis de stress estão elevados produzimos mais CORTISOL, em situações normais não é um problema o CORTISOL, porém num quadro de stress a presença do hormônio é excedente e prejudica o funcionamento do organismo.

Após os partos, os cientistas monitoraram tanto o comportamento dos bebês quanto a liberação de cortisol. Os testes foram feitos aos seis dias de vida, aos oito meses e aos 12 meses.

A primeira descoberta foi que o período de gestação das mulheres com depressão é mais curto. Do grupo observado, as grávidas com depressão tiveram os filhos, em média, oito dias antes das que não tinham a doença.

Os bebês de mães que tiveram depressão durante a gravidez se mostraram mais hiperativos, chorosos e produziram cortisol em circunstâncias que as demais crianças encararam com normalidade.

Essa diferença no comportamento foi verificada até em bebês com menos de uma semana de vida.

Ou seja, o quadro de ansiedade durante a gestação afetou os bebês de forma direta, mesmo após 12 meses de vida! O que indica que muito provavelmente serão adultos com maior sensibilidade a DEPRESSÃO, STRESS E ANSIEDADE.

Neste caso é fundamental entender o contexto da MÃE e a importância de darmos o apoio durante e depois da gestação, não é tão simples gerar um filho, e a família precisa dar o devido acolhimento para que nesta fase a mulher possa desempenhar com mais segurança seu novo papel, pois sim, surgem dúvidas, insegurança e muitos sentimentos durante toda a gestação.

E em caso de quadros de ansiedade o tratamento se faz necessário, o apoio e acolhimento são fatores decisivos em qualquer situação e todos são responsáveis, não é somente a gestante, existe um contexto e precisamos cuidar com muito amor e carinho.

Por isso, por favor, divulguem esse texto, compartilhem e comentem! Para criarmos um futuro melhor precisamos proteger e cuidar do presente, das mães, dos filhos e da sociedade como um todo, cada um de nós tem sua participação.

pólipos uterinos
DeHumberto Mingoranze / CuriosidadesInfertilidadeNotícias / 0 comentários

PÓLIPOS UTERINOS E A INFERTILIDADE – REPRODUÇÃO HUMANA SÃO PAULO

Os Pólipos uterinos são lesões em relevo localizadas na cavidade uterina, que podem causar a infertilidade, ou estar presente com outras causas na mesma paciente.

Qual a relação entre os pólipos uterinos e a infertilidade?

As presenças dos pólipos uterinos indicam alteração na produção de hormônios, um deles o estrogênio, que tem relação direta com a fertilidade da mulher, quando este hormônio apresenta alteração pode afetar a fertilidade.

Como os Pólipos ficam presentes dentro da cavidade uterina, tem o potencial de impedir a implantação adequada do embrião, já que altera a camada de revestimento do útero.

Existem tratamentos para reduzir a presença dos pólipos e se for necessário uma simples intervenção cirúrgica pode ser realizada.

o que é infertilidade

O que é infertilidade?

A infertilidade é a dificuldade para engravidar ou reter uma gravidez. Os problemas de fertilidade podem ser em ambos os sexos: mulheres e homens podem apresentar, podendo ter muitas causas.

A infertilidade é bastante comum

Algumas mulheres têm dificuldade de engravidar, ou mesmo de levar a gravidez até o final. Geralmente a infertilidade é diagnosticada, quando não se consegue engravidar, após um ano de tentativas, ou se existe caso de aborto espontâneo.

Milhões de pessoas – 1 a cada 10 casais – têm problemas de fertilidade. Sendo importante ressaltar que não se trata de um “problema feminino”, ou algo relacionado com a idade. Existem muitas questões que podem conduzir à infertilidade, podendo afetar pessoas de qualquer idade. Quando um casal não consegue engravidar, qualquer um (ou ambos) têm as mesmas probabilidades de ser a causa.

Por isso, se fazem necessários exames de infertilidade em ambos, para que se descubra as causas, e seja possível realizar um tratamento adequado.

Existem tratamentos para diversos tipos de infertilidade e, com isso muitos casais conseguem engravidar e ter um bebê saudável.

Quais são as causas da infertilidade?

Clique para saber o que causa a infertilidade