endometriose dra amanda volpato alvarez reprodução humana são paulo 2
DeHumberto Mingoranze / InfertilidadeNotícias / 0 comentários

Cuidado com sintomas como cólicas, conheça mais sobre a maior causa de infertilidade nas mulheres

Cuidado com sintomas como cólicas, conheça mais sobre a maior causa de infertilidade nas mulheres

As mulheres apresentam maior resistência a dor em muitos aspectos, não se sabe ao certo o motivo, mas aparentemente muitas conseguem suportar a dor durante mais tempo, porém essa característica pode prejudicar a saúde, quando não se procura ajuda especializada. A cólica menstrual é um sintoma que a maior parte das mulheres sentem, com menor ou maior intensidade. É um sinal que o corpo está iniciando o processo de outro ciclo menstrual saudável. Porém em alguns casos a dor pode ser muito forte e indicar outros problemas de saúde, como a endometriose.

Muitas mulheres não procuram ajuda especializada, por acharem que a dor da cólica é algo normal, e convivem a vida toda com uma dor que prejudica seu dia-a-dia, seu trabalho, suas atividades e se não tratada a endometriose pode causar infertilidade.

 

A endometriose é uma doença inflamatória crônica que é caracterizada pela existência de tecido endometrial, que consiste numa camada que reveste a parte interna do útero, que descama durante a menstruação.  Porém esse tecido não é eliminado nas pacientes que tem endometriose, ele vai aderindo e espalhando-se pela cavidade abdominal, comprometendo o funcionamento de tecidos e órgãos, em consequência disso algumas mulheres podem apresentar a dificuldade para engravidar.

endometriose dra amanda volpato alvarez reprodução humana são paulo

A Dra. Amanda Volpato Alvarez médica especialista em reprodução humana, afirma que a infertilidade acomete 50% das mulheres portadoras de endometriose, além de causar dor e muito desconforto no período menstrual.

Estudos indicam que o diagnóstico da endometriose é muito tardio, o que prejudica as pacientes, em média a doença demora 11 anos para ser diagnosticada, é o tempo que muitas mulheres convivem com os sintomas sem saber o que realmente está acontecendo.

O diagnóstico é realizado através de videolaproscpia que visualiza lesões e também a biopsia.

Depois do diagnóstico existem várias opções de tratamento tanto para a endometriose, quando para a infertilidade, nos casos que a fertilidade foi prejudicada é possível a reprodução assistida (FIV, inseminação, fertilização), geralmente a camada interna do útero é preservada, que não impede de a mulher gerar o bebe de forma natural.

A doença ainda não tem cura definitiva explica a Dra. Amanda Volpato, mas os tratamentos melhoram muito a qualidade de vida das pacientes e a infertilidade pode ser contornada.

Fique atenta para os principais sintomas:

Como relatado anteriormente um dos principais sintomas são a dor e dificuldade em engravidar.

Existem mulheres que sentem dores muito fortes e outras que não sentem nenhum desconforto, outros sintomas possíveis são:

 

  • Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação;
  • Dor no período pré-menstrual;
  • Dor durante as relações sexuais;
  • Dor difusa ou crônica na região pélvica;
  • Fadiga crônica e exaustão;
  • Sangramento menstrual intenso ou irregular;
  • Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação;
  • Dificuldade para engravidar e infertilidade.

 

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *