inseminação artificial são paulo preço
DeRedação / Notícias / 0 comentários

Passo a Passo da Inseminação Artificial em São Paulo

Segundo a Dra. Amanda Volpato, para a inseminação artificial, não é necessário internação. O procedimento dura entre 10 a 20 minutos. Após cerca de duas semanas, pode ser realizado o teste de gravidez.

Nos casos em que o prognóstico de gravidez é bom e a idade da mulher é menor do que 30 anos, a inseminação artificial intrauterina é um excelente tratamento de fertilidade.

Contudo, é necessário que alguns requisitos sejam cumpridos para que se obtenha sucesso:

  1. O sêmen precisa cumprir os critérios seminais mínimos. Após a amostra passar pela preparação em laboratório, sabe-se que a concentração de espermatozoides móveis deve ser maior que 3 milhões.
  2. No mínimo uma das trompas de falópio deve ser permeável. A verificação ocorre por meio de uma histerossalpingografia, que é uma radiografia do colo do útero, das trompas de Falópio e da cavidade uterina.

Como é feito o tratamento em São Paulo?

A inseminação artificial divide-se em 3 fases, primeiramente ocorre a indução da ovulação pela estimulação hormonal dos ovários, em seguida o sêmen é preparado e por último a inseminação. Esta fase final, é feita com a colocação dos espermatozoides que foram preparados e analisados previamente em laboratório, dentro do útero da mulher, em uma fase específica do ciclo menstrual. Segundo a Dra. Amanda Volpato, não é necessário internação, e o procedimento dura entre 10 a 20 minutos.

inseminação artificial em são paulo

Após cerca de duas semanas, pode ser realizado o teste de gravidez.

Passo a passo da Inseminação Artificial

  1. Indução da ovulação: esta fase busca melhorar as chances de sucesso, pois naturalmente a mulher produz apenas um folículo em cada ciclo menstrual. Esta etapa dura aproximadamente 12 dias, nos quais são realizadas 3 a 4 ecografias, e possivelmente a verificação do nível de estradiol no sangue para avaliar se o crescimento e a evolução dos folículos estão de acordo com o esperado. Quando o médico determinar que os folículos atingiram a quantidade e o tamanho ideais agenda-se a inseminação artificial para aproximadamente 36 horas após ter sido aplicada uma injeção de hCG para induzir a maturação dos óvulos e a ovulação.
  2. Preparo do sêmen: esta fase consiste em separar e concentrar os espermatozoides que possuem melhor mobilidade. Isso ocorre por meio do processamento das amostras, utilizando técnicas de capacitação ou preparação do sêmen, buscando eliminar espermatozoides mortos, estáticos ou lentos e assim, melhorar a qualidade da amostra que será utilizada no procedimento. Quando o casal é heterossexual as amostras podem ser utilizadas a fresco ou passar por congelação. Para mulheres solteiras, casais de mulheres ou quando necessário em casos de casais heterossexuais pode-se utilizar o esperma de um doador anônimo, que passou por avaliação médica completa. A seleção dos doadores é feita de acordo com as características físicas e grupo sanguíneo.
  3. Inseminação artificial intrauterina: o procedimento é realizado após a indução da ovulação e inicia-se com a colocação de um espéculo, seguida da introdução da cânula pelo colo uterino, visando introduzir a amostra do esperma no interior uterino. A inseminação artificial é considerada um dos procedimentos mais simples para tentar engravidar, pois não é necessária sedação nem internação.

Saiba mais sobre a Inseminação Artificial

Entenda a inseminação artificial, explicado em detalhes pela Dra. Amanda Volpato. Clique aqui

Para maiores informações, entre em contato com a Dra. Amanda clicando no Whatsapp abaixo.

Qual o preço da inseminação artificial? quem pode fazer em são paulo?

Todos esses detalhes você poderá saber entrando em contato ou agendando uma consulta.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *