doctor woman offering medical advices to a young couple in office
DeHumberto Mingoranze / Notícias / 0 comentários

Tratamento para fertilidade Santa Catarina – Blumenau, Joinville, Criciúma

Tratamento para fertilidade santa catarina

A infertilidade é um problema que afeta muitas pessoas em todo o Brasil, estimativas indicam que cerca de 10 ou 15% da população tenha alguma dificuldade para gerar um filho.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam homens e mulheres tem a mesma incidência de infertilidade, cada um com 40% das chances e ambos com 20%. Por isso é importante que o casal esteja aberto para ambos se submeterem a análise médica, quando a causa da infertilidade ainda não é conhecida.

Atualmente a medicina possui várias possibilidades de tratamento, e mais pessoas podem usufruir das alternativas disponíveis.

Confira também outros assuntos e tratamentos sobre reprodução humana

A mais conhecida é a FERTILIZAÇÃO IN VITRO, técnica que consegue um índice de sucesso de até 60% dos casos, sendo que a gravidez pelo método natural tem 25% de chances em média.

A FIV – Fertilização Invitro consiste em retirar gametas femininos (óvulos) e gametas masculinos (espermatozoides) e fecunda-los em laboratório. Depois os embriões formados, são selecionados e implantados no útero, onde irão passar pelo processo de gestação.

O tratamento inclui diversas etapas e nem sempre é a melhor indicação, hoje existem muitas opções, para os pacientes, com custos mais atrativos e chances iguais ou melhores, dependendo de cada caso.

A Dra. Amanda Volpato Alvarez médica especializada em REPRODUÇÃO HUMANA explica que todo paciente recebe um tratamento sigiloso, muito discreto, com exames avançados que irão ajudar no diagnóstico e posteriormente servir de guia para a escolha do tratamento mais indicado.

Para atender pessoas que moram foram da cidade de São Paulo criamos o programa de TRATAMENTO A DISTÂNCIA (BABY BAG) que favorece casais de outras cidades do Brasil, o programa segue todas as normas técnicas, e parte do tratamento é realizada na cidade do paciente, sobretudo alguns exames.

Algumas orientações são passadas por meios digitais, assim o número de consultas pode ser reduzidas sem a perda da qualidade do tratamento.

Para entender mais acesse o link: http://amandavolpato.com.br/tratamento-a-distancia/

Fontes: http://sbra.com.br/ 

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *