Em uma visão geral, o diagnóstico genético pré implantacional é um exame genético realizado antes da implantação dos embriões e é considerado um grande avanço da ciência referente aos métodos de reprodução humana, pois podem qualificar com precisão os embriões que poderão ser implantados no útero, permitindo que os filhos nasçam sem doenças hereditárias.

exame pgd são paulo

Para que esse diagnóstico seja realizado, é necessário que tudo seja feito após o ciclo de reprodução assistida que tende a coletar o óvulo e fertilizar o mesmo pelo espermatozoide, fora do corpo da mulher. Quando o PGD (sigla pelo qual o diagnóstico é conhecido) é realizado, algumas células são removidas do embrião, tudo realizado por técnicas microcirúrgicas.

As aplicações do diagnóstico genético pré implantacional possibilitam que os descendentes comprometidos por doenças genéticas sejam evitados, assim como as anomalias cromossômicas e as malformações congênitas.

exame pgd medicina reprodutiva

Esse diagnóstico é indicado para várias pessoas que visam ter filhos e tem como objetivo possuir mais segurança nesse período. As principais indicações são para:

  • Casais que já possuam filhos com anomalias ou doenças genéticas.
  • Mulheres com idade avançada, ou seja, 37 anos ou mais.
  • Homens que possuem sêmen de baixa qualidade.
  • Casais que portam doenças cromossômicas.
  • Casais que sofrem recorrentes falhas no processo de fertilização in vitro.
  • Casais que costumam sofrer com abortos.
  • Casais que apresentam infertilidade sem cauda aparente.

Como pode ser visto, um grande número de pessoas podem ser beneficiadas com o diagnóstico genético pré implantacional, desde que o mesmo seja realizado da forma correta, com o acompanhamento de profissionais especializados.

Dentre os principais benefícios que os casais podem obter é evitar que seus filhos nasçam com doenças genéticas.